quinta-feira, 23 de agosto de 2012

O preso político saharaui Yahya Mohamed Elhafed em greve de fome



O preso político saharaui Yahya Mohamed Elhafed, conhecido por Eazi, de 47 anos, detido na prisão marroquina de Salé 2, decidiu iniciar uma greve de fome a partir do dia 22 de agosto como protesto pelas condições inumanas e maus-tratos que recebe por parte da administração penitenciária marroquina, que o priva da visita dos seus familiares, amigos e ativistas de direitos humanos que pretendiam informar-se sobre a sua situação de isolamento na sua cela individual.

Eazi alega ainda outras razões para ter decidido protestar com esta forma de luta extrema que é a greve de fome, entre essas razões está o facto de ser impedido de manter contacto com os seus companheiros presos saharauis que estão na mesma prisão e o tempo ilegal de detenção sem que seja apresentado aos tribunais para realizar a sua defesa.

Sem comentários:

Publicar um comentário