sábado, 14 de julho de 2012

Catherine Ashton apoia esforços da ONU na busca de solução que consagre o direito do povo saharaui à autodeterminação



A Alta Representante para as Relações Exteriores e Política de Segurança da União Europeia, Catherine Ashton, ratificou o seu apoio aos esforços realizados pelo Secretário-Geral da ONU na procura de uma solução política que consagre o direito do povo saharaui à autodeterminação, em carta dirigida ao ministro-delegado saharaui para Europa, Mohamed Sidati, em resposta a uma carta que este lhe enviara na passado dia 13 de junho.

A chefe da diplomacia europeia apoia os esforços do Secretário-Geral das Nações Unidas na procura de uma solução política “justa, duradoura e mutuamente aceitável” que garanta o direito do povo saharaui à autodeterminação de acordo com os princípios, objetivos da Carta das Nações Unidas”, refere na carta.

"A União Europeia está preocupada com o prolongamento deste conflito e confia que a retirada de confiança ao Enviado Pessoal do Secretário-Geral da ONU para o Sahara Ocidental, Christopher Ross por parte de Marrocos, não será motivo de adiamento das negociações", sublinha Catherine Ashton.

A chefe da diplomacia comunitária apoia a resolução 2044, de 24 de abril de 2012, que prorroga o mandato da MINURSO até 30 de abril de 2013, acrescenta.

Catherine Ashton refere que a resolução confirma a necessidade de "melhorar a situação dos direitos humanos no Sahara Ocidental" e encoraja as partes a "trabalhar com a comunidade internacional para encontrar e aplicar medidas independentes e credíveis para garantir o pleno respeito dos direitos humanos”.

(SPS)

Sem comentários:

Publicar um comentário