terça-feira, 11 de setembro de 2012

Jovens marroquinos: sem escolaridade, sem emprego, sem futuro…



Os jovens marroquinos representam 30 % da população do país, mas estes jovens são particularmente atingidos pela exclusão. Um estudo recente do Banco Mundial revela que 49 % dos jovens marroquinos não frequentam a escola nem trabalham.
Segundo o relatório, a explosão do desemprego entre a juventude «é suscetível de exacerbar os riscos de conflito e acentuar a instabilidade”, especialmente quando as oportunidades económicas e formas de expressão são inexistentes.

O relatório revela que a maioria dos jovens desempregados não completou o ensino secundário ou não teve acesso ou beneficiou de qualquer tipo de educação. Além disso, apenas 5% deles frequentou a universidade. No entanto, a maioria dos programas implementados pelo governo destina-se a jovens desempregados licenciados, o que resulta —  segundo o relatório — na eliminação da grande maioria dos jovens desempregados. 

Sem comentários:

Publicar um comentário