segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Relator especial da ONU sobre Tortura chega a El Aaiun. Cidade ocupada pela polícia e primeiras manifestações reprimidas



O relator especial da ONU sobre a Tortura e Maus-tratos, o jurista argentino Juan Méndez, chegou às 21h50 de domingo a El Aaiun. Foi recebido no aeroporto por representantes das autoridades de ocupação. O trajeto que o conduziu ao hotel foi totalmente fechado ao trânsito.
Às 23h05, a Rádio Maizirat informa ter recebido uma chamada telefónica do defensor saharaui de direitos humanos Hassana Dueihi (ASVDH), com origem no bairro de Raha, onde se estava a realizar uma manifestação de protesto e reivindicação do direito de autodeterminação do povo saharaui e repúdio pela ocupação marroquina.
Forças policiais atuaram violentamente dispersando os manifestantes. Segundo fonte saharaui, as forças de ocupação isolaram o bairro e estão a invadir e revistar casas, como as das famílias Ahel Saharaui e Ahel El Qasmi.
Segundo a Rádio Maizirat (http://www.radiomaizirat.com/), as autoridades de ocupação efetuaram uma operação de grande escala de detenção e controlo aos jovens saharauis nos principais bairros de população saharaui, como Elfatih, Bucraa, Elauda, Elinacha, Maatala e Lehsheicha.
As forças anti-distúrbios vestidos à paisana tomaram as periferias do Hotel El Parador onde está alojado o Relator Especial Contra a Tortura das ONU.

Sem comentários:

Publicar um comentário