domingo, 30 de setembro de 2012

Relatório da Fundação Robert Kennedy sobre o Sahara Ocidental dirigido também à Casa Branca



O relatório sobre a situação dos Direitos Humanos no Sahara ocupado tem como destinatários não só o Congresso Americano mas também o Departamento de Estado e a Casa Branca.
Segundo o jornal Al Quds Al Arabi, analistas internacionais referem que o relatório da Fundação Robert Kennedy para a Justiça e os Direitos Humanos, produzido na sequência da recente visita que realizou aos territórios ocupados do Sahara Ocidental e aos acampamentos de refugiados, é dirigido ao Congresso dos EUA mas também à Casa Branca e ao Departamento de Estado com o objetivo de que as autoridades norte-americanas recomendem ao Conselho de Segurança para supervisionar o respeito pelos direitos humanos no Sahara Ocidental.
Segundo esses observadores, a intenção é que se exija a necessidade do apoio oficial dos EUA para que o Conselho de Segurança aprove na próxima resolução sobre o Sahara, uma clara referência à necessidade de que as forças da MINURSO no Sahara Ocidental supervisionem a proteção dos direitos humanos no território.
A Fundação Robert Kennedy para a Justiça e os Direitos Humanos reclama no relatório que publicou há dois dias ao Congresso dos EUA que apoie a recomendação da ONU para a supervisão dos direitos humanos nos territórios ocupados do Sahara Ocidental, segundo informou o diário Al Quds Al Arabi. O relatório também acusa Marrocos de tortura contra os saharauis e refere a responsabilidade dos funcionários marroquinos implicados em atos de tortura contra os saharauis.

*Fonte: Radio Maizirat:

Sem comentários:

Publicar um comentário