quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Preso político saharaui transferido em estado de coma para hospital El Aiun



O preso político e defensor saharaui dos direitos do homem, Mahjoub Oulad Cheikh foi transferido em estado de coma ontem, terça-feira, para o hospital de El Aiun, capital do Sahara Ocidental ocupado por Marrocos, segundo um comunicado do secretariado do Coletivo Saharaui dos Direitos do Homem (CODESA).

O preso foi transportado num veículo da administração penitenciária da Prisão Negra de El Aaiún sob alta vigilância da polícia marroquina.

Mahjoub Oulad Cheikh sofre, desde há meses, de graves problemas de visão e do aparelho digestivo, informa a mesma fonte.

Foi condenado a 3 anos de prisão efetiva pela sua participação nos acontecimentos ocorridos em em setembro de 2011na cidade ocupada de Dakhla.

spsrasd

Sem comentários:

Publicar um comentário