segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Há cada vez mais presos políticos e de opinião em Marrocos – afirma a ASDHOM





A ASDHOM afirma ter contado até agora "261 presos políticos e prisioneiros de consciência, incluindo 183 que cumprem uma sentença efetiva e 78 outros que estão à espera de julgamento, em detenção ou sob fiança."

Um Grupo de Trabalho da Detenção Arbitrária da ONU afirmou a 18 de dezembro, em Rabat, a sua preocupação com "a grande importância dada à confissão no período de investigações preliminares, afirmando ter sido informado pelos presos que as "confissões obtidas em resultado de tortura são, na maioria dos casos, a base para a condenação ".


 (SPS)

Sem comentários:

Publicar um comentário