sábado, 19 de março de 2016

Washington reitera o seu apoio à missão da ONU no Sahara Ocidental



John Kirby, porta-voz do Departamento de Estado dos EUA

Washington (Estados Unidos) – O Departamento de Estado dos EUA expressou sexta-feira o seu apoio à Missão das Nações Unidas para o Referendo do Sahara Ocidental (MINURSO), na sequência das medidas de Marrocos contra o organismo da ONU com o objetivo de o debilitar.

O Departamento de Estado dos Estados Unidos, através do seu porta-voz John Kirby, afirmou que Washington conhecia as últimas medidas de Marrocos para reduzir o pessoal da MINURSO.
John Kirby, em conferência de imprensa, reiterou o apoio da ONU à MINURSO pelos importantes esforços que está levando a cabo.

Kirby fez a declaração em resposta e uma pergunta acerca das últimas medidas de Marrocos para reduzir o pessoal da MINURSO e para deter de imediato a sua contribuição financeira à missão.
Os Estados Unidos participaram numa reunião do Conselho de Segurança, que se realizou à porta fechada, na qual os membros expressaram a sua preocupação pela situação.

Foi-lhe perguntado se os Estados Unidos abordariam o problema com o rei de Marrocos ou outros funcionários marroquinos, ao que John Kirby disse que não está planificada uma reunião bilateral a este respeito e que o problema deveria ser resolvido dentro da ONU.

Quinta-feira, o Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, lamentou a decisão unilateral de Rabat, que está em total contradição com as obrigações internacionais de Marrocos.

As medidas de Marrocos, que podem causar daño à MINURSO, são "sem precedentes", sublinhou o chefe da ONU.

******
Por seu lado, Inner City Press revelou deste modo as palavras do porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos:

On March 18, lead State Department spokesperson John Kirby said more:
"We’re aware of those reports that they’ve asked the UN mission for the referendum in Western Sahara to reduce the size of its mission – to leave, as you put it. We reiterate our support to that UN mission and to its important mission – to the important job that it’s there to do. Yesterday the United States participated in a closed session of the UN Security Council, where members expressed concern about the situation. The United States encourages all of the parties to remain fully and actively engaged in seeking an effective resolution."

Fonte: APS, Agência de Notícias Argelina; 19 de Março de 2016

Sem comentários:

Publicar um comentário