terça-feira, 25 de setembro de 2012

Chuvas torrenciais no Sahara Ocidental causam três vítimas saharauis e destroem infraestrutura de fortificações das tropas marroquinas ao longo do muro



As fortes chuvadas caídas no território durante estes dois últimos dias — domingo 23 e segunda-feira 24 de setembro — causaram a morte de três cidadãos saharauis,  enquanto se procura o paradeiro de uma outra pessoa dada por desaparecida na zona da cidade de Smara que se encontrava muito próxima do muro militar marroquino.

Entre os mortos está o jovem saharaui  Buel-la Taufik,  nascido em 1994, afogado quando tentava cruzar o Rio de Saguia e foi arrastado pela força das águas do rio. 

O muro marroquino de mais de 2000 km que
divide o Sahara Ocidental ocupado das zonas libertadas

Estas fortes chuvadas que caíram na zona ocupada e causaram três mortos, destruíram — , segundo a Rádio Maizirat — a infraestrutura de casas e fortificações militares que o exército marroquino tinha construído ao longo do muro militar, como casamatas, abrigos, trincheiras e casas construídas de pedra e adobe ao longo dos mais de dois mil quilómetros.
A situação catastrófica levou a que o exército marroquino pedisse com às autoridades da cidade de El Aaiun ajuda urgente em matéria de tendas de campanha para albergar as suas tropas que perderam parte das suas fortificações.

Rede de Informação Rádio Maizirat

Sem comentários:

Publicar um comentário