quinta-feira, 4 de abril de 2013

Preso político saharaui inicia greve de fome



 O preso político saharaui Lahsan Mohamed Lahsan, iniciou ontem, quarta-feira, uma greve de fome na prisão marroquina de Tiznit, para exigir o direito à melhoria das suas condições de saúde e detenção e em protesto pela dilatação da sua pena decretada por parte das autoridades penitenciárias em resposta às suas exigências devido à sua posição em relação ao conflito do Sahara Ocidental, segundo informou o Ministério dos Territórios Ocupados da RASD.

Segundo a mesma fonte, Lehsan deveria ter ido a uma consulta médica de estômago na passada terça-feira, a qual foi adiada pela segunda vez sem nenhuma justificação. As autoridades penitenciárias da Prisão de Tiznit impediram também o preso político de ir a uma segunda consulta de garganta.

Lahsan padece de dores violentas no estômago, tórax e no joelho esquerdo. Seu estado de saúde tem-se deteriorado devido às sucessivas greves de fome que realizou desde a sua detenção a 23 de julho de 2004 nas prisões de El Aaiún ocupada, de Aitmelul em Marrocos e Tiznit também em Marrocos.

Fonte: SPS

Sem comentários:

Publicar um comentário