terça-feira, 14 de outubro de 2014

Nações Unidas reafirmam por unanimidade o direito do povo saharaui à autodeterminação




Nova Iorque (Nações Unidas), 14 de outubro 2014 (SPS) - "Os 193 Estados membros das Nações Unidas representados na Quarta Comissão de Descolonização da Assembleia Geral da descolonização reafirmaram por unanimidade o direito do povo do Sahara Ocidental à autodeterminação e a responsabilidade das Nações Unidas na descolonização do território do Sahara Ocidental, ilegalmente ocupado por Marrocos" afirmou Mohamed Salem Salek.

A nova resolução adotada pela ONU é "uma rejeição categórica às tergiversações e manobras da ocupação marroquina para impor um facto consumado à comunidade internacional ", disse o ministro saharaui. "Esta resolução constitui também um forte apoio aos esforços que as Nações Unidas e a União Africana continuar a desenvolver para acelerar a descolonização do Sahara Ocidental”, acrescentou.

O governo saharaui e a Frente Polisario, após a adoção desta resolução, fazem um apelo ao Secretário-Geral das Nações Unidas e ao seu enviado pessoal "para acelerar o processo das negociações com o objetivo de garantir o exercício do povo saharaui ao seu direito inalienável à autodeterminação e à independência ".

 (SPS)

Sem comentários:

Publicar um comentário