quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Cimeira África-Mundo Árabe e União Africana reiteram apoio à RASD




Malabo - 23/11/2016 - El Confidencial Saharaui. Egipto, Tunisia, Sudão, Mauritânia, Iraque e todos os Estados membros da União Africana apoiam a autodeterminação do Sahara Ocidental.

Os países da aliança África- Mundo Árabe reiteraram o seu apoio à ONU no conflito do Sahara Ocidental ao considerar que este território está sob o colonialismo segundo as resoluções das Nações Unidas.

A presidente da Comissão da União Africana, Dlamini Zuma, durante o seu discurso ante os Estados Árabe-Africanos, reiterou "o apoio da União Africana à luta do povo saharaui pela independência" e condenou energicamente a retirada dos países do Golfo juntamente com Marrocos.


A IV cimeira Africana-Mundo Árabe aprovou ontem uma resolução, apresentada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros da Guiné Equatorial, que reconhece o direito da RASD a participar na cimeira como membro fundador da União Africana (Antiga OUA).

Marrocos juntamente com os países do Golfo Pérsico, que qualificam os debates e as votações como ''mascarada'', segundo afirmou o MNE marroquino, Salaheddine Mezouar, retiraram-se previamente da conferência e anunciaram a sua decisão de não assistir a mais reuniões.

O isolamento de Marrocos tornou-se mais patente ainda quando todos os Estados Africanos juntamente com 6 países Árabes votaram a favor da República Árabe Saharaui Democrática. Fontes diplomáticas próximas da delegação argelina afirmaram que estes países defendem o direito à autodeterminação do Sahara Ocidental e a realização de um referendo.

O ministro de Negócios Estrangeiros de Marrocos, Salaheddine Mezouar, que esteve presente na cimeira em representação do seu país, fez declarações à imprensa depois de ter abandonado a reunião, tendo afirmado que ''Estes países (os países do Golfo) apoiam o princípio de "respeito da soberania dos Estados e da sua unidade territorial".


Está previsto que a cimeira conclua hoje, sem Marrocos e seus aliados, com a reunião dos chefes de Estado dos países participantes que são membros da Liga Árabe e da União Africana. 

Sem comentários:

Publicar um comentário