sábado, 22 de abril de 2017

Polícias marroquinos agridem violentamente mulheres saharauis em Bojador


Mulheres agredidas no Sahara Ocidental - foto de Jesús

El Aaiún, 22/04/2017 – ElConfidencialSaharaui - Polícias marroquinos agridem violentamente mulheres saharauis participantes num encontro sobre "Memória Histórica" em Bojador, no Sahara Ocidental ocupado.

Após a intervenção de polícias marroquinos à paisana e outros uniformizados, Mina Baali ficou gravemente ferida, segundo informa uma fonte judicial saharaui.

Entre outros agredidos, estão duas outras mulheres saharauis, que foram agredidas pela polícia marroquina, o que lhes provocou feridas abertas na cabeça e contusões graves nos rins. Uma mulher saharaui, que recebeu fortes cassetetadas e pontapés por todo o corpo, ficou com grandes hematomas e nódoas negras.

A maioria dos feridos não puderam receber tratamento no hospital de Bojador porque a polícia cercou o local, impedindo o acesso ao centro hospitalar, segundo a mesma fonte.

A semana passada ocorreram acontecimentos semelhantes em El Aaiún. Uma intervenção brutal de efetivos policiais contra uma manifestação pacífica levou as autoridades saharauis a apelar à comunidade internacional à sua intervenção urgente para “proteger” os saharauis nos territórios ocupados do Sahara Ocidental.




Sem comentários:

Publicar um comentário