terça-feira, 26 de março de 2013

Primeiro-ministro saharaui afirma que ONU deve tomar medidas mais "sérias" para a autodeterminação do povo saharaui


Abdelkader  Taleb Omar

O primeiro-ministro, Abdelkader  Taleb Omar insistiu, hoje, terça-feira, que as Nações Unidas devem tomar medidas mais "sérias" para a realização do referendo de autodeterminação do povo saharaui.

Em declarações à imprensa no final de uma reunião com o enviado pessoal do Secretário-Geral da ONU para o Sahara Ocidental, Christopher Ross, Abdelkader Taleb Omar afirmou que "o povo saharaui não pode continuar a sofrer ante as flagrantes violações dos direitos humanos e a ausência de perspetivas de uma solução".

Abdelkader Taleb Omar referiu que "Ross está determinado a prosseguir com os seus esforços e pede o apoio de todos para a aplicação das resoluções da ONU que defende a autodeterminação do povo saharaui e que continua a ser a referência de todos estes esforços".

O primeiro-ministro explicou que "Ross fará o que puder para assegurar a proteção dos direitos humanos a fim de criar um ambiente propício para alcançar este objetivo".

Na reunião estiveram igualmente presentes os ministros do Interior e da Reconstrução dos Territórios Libertados. 

Fonte: SPS

Sem comentários:

Publicar um comentário