sábado, 21 de dezembro de 2013

“EUA deveriam apoiar a autodeterminação do Sahara Ocidental” diz o "National Catholic Reporter"







Stephen Zunes compara com o caso de Timor-Leste: 

“No caso comparável de Timor-Leste, foi só depois de as organizações de direitos humanos, grupos religiosos e outros ativistas internacionais terem pressionado com sucesso os seus governos para acabar com o seu apoio à ocupação da Indonésia que o regime indonésio se mostrou finalmente disposto a oferecer um referendo que deu aos timorenses o seu direito à autodeterminação. Pode ser que tenha que haver um campanha de base semelhante para garantir que os Estados Unidos exerçam pressão sobre  Marrocos para permitir ao povo do Sahara Ocidental o seu direito de determinar seu próprio destino".

(*) O jornal National Catholic Reporter (NCR) foi fundado em 1964, sendo hoje um veículo de notícias também na Web que se destaca como uma das mais conceituadas fontes jornalísticas independentes para os católicos e outros cidadãos, tanto no EUA como fora dele.

Sem comentários:

Publicar um comentário