quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

O rei Mohamed VI nomeia um seu grande amigo embaixador em Espanha


O rei Mohamed VI de Marrocos dispõe-se a nomear um novo embaixador em Madrid que sabe de antemão muito sobre o país em que estará acreditado porque possui a nacionalidade espanhola além da marroquina.

Rabat solicitou o assentimento como embaixador para Fadel Benyaich, de 50 anos, companheiro de colégio de Mohamed VI, amigo pessoal e membro do seu gabinete desde que foi entronizado em 1999, segundo indicam fontes diplomáticas. Nunca Marrocos esteve representado em Espanha por uma personalidade tão próxima do monarca.
(…)
 
Ahmed Ould Souilem, atual embaixador de Marrocos em Espanha.
Transfuga da Polisario e agora uma «carta» fora do baralho...?

Fadel Benyaich substituirá em Madrid Ahmed Ould Souilem, um saharaui que ocupou diversos postos de responsabilidade na Frente Polisario antes de se passar para Marrocos em 2009 e ser nomeado embaixador em Espanha em abril do ano seguinte. Souilem tinha então 59 anos e só havia vivido uns meses em Marrocos antes de ser designado para representar em Madrid um país que praticamente desconhecia. Fez a sua carreira na Argélia, Panamá e Angola.

Embora nesse período a relação bilateral hispano-marroquina fosse boa, o Governo socialista espanhol tardou em dar o voto de assentimento porque o ministro dos Negócios Estrangeiros, Miguel Ángel Moratinos, considerava que não era uma personalidade adequada para o cargo. Souilem assumiu o posto em janeiro de 2011, mas durante estes três anos foi bastante discreto.


Sem comentários:

Publicar um comentário