sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Marrocos põe em dúvida a credibilidade da ONU e insinua terminar com a missão da MINURSO



O presidente da República Saharaui e Secretário-Geral da Frente Polisario, Mohamed Abdelaziz, assegurou esta quinta-feira em carta ao Secretário- Geral da ONU, Ban Ki-Moon, que "Marrocos põe em dúvida a credibilidade das Nações Unidas e alude  terminar  com a missão da MINURSO no Sahara Ocidental”.

Mohamed Abdelaziz expressa a sua "profunda preocupação" porque Marrocos tem extremado o estado de alerta do seu exército nas áreas ocupadas e advertiu que "este ato é uma violação ‘flagrante e perigosa’ ao direito do povo saharaui".

O presidente Mohamed Abdelaziz sublinha que se Marrocos levar a cabo um ataque aos territórios libertados onde  se  concentram as forças do exército, departamentos da administração, civis  saharauis e os centros da ONU” seria um grande erro e “uma flagrante violação do cessar-fogo firmado entre as partes a 06 de setembro de 1991”.


(SPS)

Sem comentários:

Publicar um comentário