terça-feira, 21 de outubro de 2014

Glencore obtém duas licenças de exploração em águas do Sahara Ocidental ocupado




Uma filial da Glencore Xstrata obteve duas licenças no Sahara Ocidental ocupado. A multinacional confunde sobre a localização dos blocos - colocando-os no país ocupante, Marrocos.

Já a 10 de setembro de 2013, a  Glencore havia anunciado em conferência que tinha recebido autorização como empresa operadora e 38,25% da licença das águas pouco profundas da costa de Bojador. A apresentação teve a cargo do diretor da Glencore, Alex Beard, um dos homens mais ricos do mundo.

Alex Beard, diretor da Glencore

A concessão desta licença passou desapercebida até agora tanto à Western Sahara Resources Watch (WSRW) como aos meios de comunicação. Apesar de em setembro do ano passado a Glencore ter informado os investidores de que tinha firmado o acordo, a licença não foi registada no mapa publicado pela companhia petrolífera estatal marroquina – a  ONHYM - a 23 de outubro de 2013, um mapa que está online na página web da ONHYM desde então. Veja o mapa:



O bloco das costas pouco profundas de Bojador encontra-se a nordeste da licença de Águas do Cabo Bojador, operada pela Kosmos Energy, onde em novembro será levada a cabo a perfuração. As licenças são concedidas em clara violação do direito internacional, como já declarou a ONU em 2002.


Toda a notícia em: http://wsrw.org/a110x2996

Sem comentários:

Publicar um comentário