domingo, 4 de dezembro de 2016

Coordenador saharaui junto da MINURSO afirma que a Cimeira de Malabo foi uma “mensagem forte e clara” às alegações de Marrocos

Bojador (Acampamentos de Refugiados Saharauis), 03/12/16 (SPS) – A Cimeira de Malabo foi uma “mensagem forte e clara” da União Africana (UA) às reivindicações de Marrocos, afirmou este sábado o Coordenador saharaui junto da Missão das Nações Unidas para a Organização do Referendo no Sahara Ocidental (MINURSO), M’Hamed  Khaddad.

A intangibilidade das fronteiras herdadas após a independência é um princípio sagrado para o continente africano. Este é um desaire para Marrocos ante a próxima cimeira da UA que indica que a presença de Marrocos não vai ocorrer às custas de outro país africano “, afirmou M’Hamed  Khaddad  em declarações à agencia argelina, APS no decorrer dos trabalhos do VIII Congresso da UGTSARIO (central sindical saharaui).

“África, em Malabo, demonstrou a sua posição de que está ao lado da legalidade e internacional e do direito internacional e não se verga a nenhum tipo de pressão”, acrescentou.

SPS

Sem comentários:

Publicar um comentário