sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Julgamento dos 24 independentistas saharauis no Tribunal Militar de Rabat foi adiado para o dia 8 de fevereiro


O Julgamento no Tribunal Militar de Rabat dos 24 independentistas saharauis do Grupo de Gdeim Izik foi adiado para o próximo dia 8 de fevereiro, a pedido de um advogado da defesa. Recorde-se que aqueles presos estão detidos há mais de dois anos, aguardando julgamento, desde os distúrbios causados pelo desmantelamento de um acampamento de protesto que reuniu mais de 20 mil saharauis nas redondezas da cidade de El Aaiún, a capital do Sahara Ocidental ocupado por Marrocos. 

Sem comentários:

Publicar um comentário