terça-feira, 18 de abril de 2017

SG da Frente Polisario pede às Nações Unidas que assuma a sua plena responsabilidade em garantir a segurança dos cidadãos saharauis


Brahim Gali

 
Bir Lehlu (territórios libertados), 18/04//2017 (SPS) – O presidente da República e Secretário-Geral da Frente Polisario, Brahim Gali, pediu ontem segunda-feira às , Nações Unidas que assuma a sua plena responsabilidade em garantir a segurança dos indefesos cidadãos saharauis nas zonas ocupadas do Sahara Ocidental.

Brahim Ghali destacou, em mensagem enviada ao SG da ONU, António Guterres, que a ONU deve proteger os indefensos cidadãos saharauis e permitir-lhes exercer o seu legítimo direito à livre determinação e independência a exemplo de todos os povos colonizados em conformidade com a carta e as resoluções da ONU.

Na sua missiva o Presidente da República saharaui pede a libertação dos presos políticos saharauis de Agdeim Izik  e de todos os presos políticos saharauis nas prisões do ocupante marroquino e que este deve revelar o destino de mais de 651 desaparecidos saharauis vítimas da política de repressão marroquina.

O Presidente da República acrescenta que todos os atos de violência, repressão e intimidação exercida pelo ocupante marroquino nas zonas ocupadas contra os indefensos saharauis são ilegítimos já que a ocupação marroquina é ilegal e o território do Sahara Ocidental se encontra sob a responsabilidade da ONU como último dossier de descolonização no continente africano.

Brahim Ghali adianta, na sua mensagem, que todas estas práticas repressivas ocorrem sob um forte cerco policial marroquino nas cidades saharauis ocupadas e na completa ausência da Missão das Nações Unidas para o Referendo do Sahara Ocidental (MINURSO).

SPS

Sem comentários:

Publicar um comentário