quarta-feira, 14 de outubro de 2020

A Alemanha insiste na necessidade urgente de nomear um novo enviado para o Sahara Ocidental

 


 O Embaixador Jürgen Schultz, Delegado Adjunto da Alemanha nas Nações Unidas, falava durante a sessão de consulta realizada esta tarde no Conselho de Segurança da ONU, na presença de Colin Stewart, Representante Especial do Secretário-Geral das Nações Unidas para o Sahara Occidental e Chefe da Missão MINURSO, e Bento Keita, Secretário-Geral Adjunto para a África.

 

O representante da Alemanha no seu discurso pediu o respeito pelo cessar-fogo no Sahara Ocidental em vigor desde 1991; a cooperaração plena com a missão das Nações Unidas para o referendo no Sahara Ocidental, MINURSO; o respeito pelos direitos humanos e pelo direito internacional humanitário no território.

O embaixador alemão também exortou a necessidade urgente de nomear um novo Enviado Pessoal do SG antes do final do ano para reativar o processo político paralisado desde a renúncia de Horst Kohler, antiga Presidente da Alemanha.

O representante alemão disse ainda que o seu país, apoia plenamente o processo político liderado pelas Nações Unidas para se chegar a uma solução justa e duradoura que garanta o direito do povo saharaui à autodeterminação.

Em conclusão, o diplomata alemão destacou no seu discurso que o bloqueio do processo político é frustrante para quem sofre com o conflito, o povo do Sahara Ocidental.

Fonte: ECSAHARAUI

Sem comentários:

Publicar um comentário