sexta-feira, 19 de junho de 2020




A Assembleia Geral das Nações Unidas elegeu a Índia, Irlanda, México, Noruega e Quénia como novos membros não permanentes do Conselho de Segurança para o período 2021-2022.

Esses países passam a participar no Conselho de Segurança a partir de 1 de janeiro de 2021 e irão substituir a África do Sul, República Dominicana, Alemanha, Bélgica e Indonésia.
O México e o Quénia reconhecem a RASD (República Árabe Saharaui Democrática) e a Noruega, assim como a Irlanda, demonstraram apoio ao povo saharaui.
Todos os novos membros, excepto a Índia, são a favor da expansão do mandato da MINURSO (Missão das Nações Unidas para o Referendo no Sahara Ocidental) para incluir os direitos humanos no Sahara Ocidental.
A Índia tem sido um dos países que importa fosfato espoliados dos territórios ocupados do Sahara Ocidental, financiando indiretamente a ocupação, pagando a Marrocos por bens roubados.

Fonte: Por un Sahara Libre


Sem comentários:

Publicar um comentário