quinta-feira, 28 de março de 2013

O assunto Dihani : Plano B?



Pela segunda vez, o preso político saharaui Mohamed Dihani foi levado da sua célula da prison de Salé 2 no dia 25 de março de 2013. Os seus bens foram confiscados no dia seguinte.

Dihani foi capturado por agentes da DST em abril de 2010 *a saída da sua casa em El Aaiun, capital ocupada do Sahara Ocidental. A 27 de outubro de 2011, foi condenado a 10 anos de prisão. Quando do julgamento, declarou que tinha sido vítima de tortura para obterem a sua confissão e rejeitou as acusações contra ele formuladas

O processo pre-fabricado contra este ativista saharaui procurava fazer passá-lo por um chefe de uma célula terrorista qui reivindicaria atentados contra membros da MINURSO (Missão das Nações Unidas para o Referendo no Sahara Ocidental) e contra instalações da sociedade de fosfatos.

A imprensa marroquina fala desde há dois dias de uma explosão na cinta transportadora de fosfatos na sequência de um alegado ato de sabotagem. Terão os marroquinos passado à segunda fase do seu plano que passa por acusar os saharauis de atos terroristas?

A reunião do Conselho de Segurança sobre os debates sobre o Sahara Ocidental e a renovação do mandato da MINURSO terá lugar no final de abril próximo. Regra geral, algumas semanas antes, invariavelmente, Rabat anuncia um atentado ou o desmantelamento de uma célula terrorista.

Fonte: Tribuna do Sahara

Sem comentários:

Publicar um comentário