terça-feira, 14 de março de 2017

“Marrocos deve colaborar com o sucessor de Christopher Ross e respeitar os seus compromissos internacionais”




Argel, 14/03/17 (SPS).- O ministro dos Negócios Estrangeiros e membro do Secretariado Nacional da Frente Polisario, Mohamed Salem Ould Salek, afirmou ontem em conferência de imprensa em Argel, que Marrocos deve colaborar com o sucessor de Christopher Ross e respeitar os seus compromissos internacionais que aceitou e subscreveu.

Mohamed Salem Ould Salek referiu que o problema colocado não é quem sucederá ao enviado pessoal do SG da  ONU para o Sahara Ocidental, mas como reagirá Marrocos face à futura equipa da Missão das Nações Unidas para o Referendo no Sahara Ocidental (MINURSO).

No mesmo contexto, o dirigente saharaui questiona se Marrocos cooperará ou não com as Nações Unidas e respeitará os compromissos que aceitou formalmente e que consistem no Plano de Resolução da ONU, acordado pelas duas partes, Frente Polisario e Marrocos, no ano de 1991.


O MNE saharaui acrescentou que o problema está também em saber se a França ajudará ou não a Missão das Nações Unidas em cumprir com o seu trabalho consistente na realização do Referendo de autodeterminação do povo saharaui, destacando que Ross procurou impulsionar, em múltiplos encontros, França e Espanha a que trabalhassem com o objetivo de convencer a Marrocos a colaborar seriamente com a ONU e que deixe de colocar obstáculos a fim de que se possa chegar a uma solução pacífica para o conflito.

Sem comentários:

Publicar um comentário