domingo, 30 de abril de 2017

O Secretariado Permanente do SN da Frente Polisario aplaude a resolução do Conselho de Segurança e pede a urgente descolonização do Sahara Ocidental




Bir Lehlou (territórios saharauis libertados), 30/04/2017 (SPS) – O Secretariado permanente do Secretariado Nacional (SN) da Frente Polisario, expressou este sábado a sua satisfação pela adoção da resolução aprovada por unanimidade na passada sexta-feira pelo Conselho de Segurança sobre o conflito do Sahara Ocidental e exigiu “a urgência de completar, o mais depressa possível, o processo de descolonização da última colónia em África, estabelecer a paz e a estabilidade no mundo.”

O Secretariado Permanente do SN reuniu sábado em sessão presidida pelo Presidente da República e Secretário-Geral da Frente Polisario, Brahim Ghali, para avaliar a evolução da questão do Sahara Ocidental na sequência da aprovação da recente resolução do Conselho de Segurança da ONU.

Em comunicado emitido após a reunião, a direção da Frente Polisario saudou o “espírito de responsabilidade” mostrado pelo Conselho de Segurança e o seu compromisso com as resoluções e a Carta de la ONU em relação à questão do Sahara Ocidental que exigem o direito do povo saharaui à livre determinação e à independência, a exemplo de todos os povos e países ainda por descolonizar».

O SP do SN saudou o tratamento objetivo e responsável por parte do Conselho de Segurança aos intentos que pretendem dar cobertura às flagrantes violações de Marrocos ao acordo de cessar-fogo e ao acordo militar número um na zona de El Guergarat, mediante a construção de uma estrada na zona para espoliar os recursos naturais do território, a exportação de drogas e o apoio a grupos terroristas que atuam no Sahel e na África Ocidental e que ameaçam a segurança e a estabilidade do continente “.

Assim como recorda a “violação flagrante por parte de Marrocos do acordo de cessar-fogo,” o executivo do SN pede ao Conselho de Segurança e ao Secretário-Geral da ONU “a adotar medidas urgentes para fazer frente aos graves problemas causados por este incumprimento “, acrescenta o comunicado.

O SO do SN reafirma o compromisso do povo saharaui, sob a direção do seu representante legítimo, a Frente Polisario, a continuar a sua luta justa e legítima pela completa soberania do seu país sobre a totalidade do seu território nacional”.

Por último, o Secretariado Permanente recorda ao Conselho de Segurança que a decisão de retirada das tropas do exército saharaui da zona de el Guerguerat, “reflete a determinação e a disposição da parte saharaui em cooperar de forma séria e construtiva com o Secretário-Geral das Nações Unidas e do seu enviado pessoal para reatar quanto antes as negociações diretas entre as duas partes em conflito, a Frente Polisario e Marrocos para permitir ao povo saharaui exercer o seu direito inalienável à livre Autodeterminação e à Independência.

Sem comentários:

Publicar um comentário