domingo, 4 de dezembro de 2016

POLISARIO pede à ONU que acelere o processo de descolonização do Sahara Ocidental


Brahim Ghali

Wilaya de Bojador (Acampamentos de Refugiados Saharauis),03/12/2016 (SPS) -  O  Presidente da República e  Secretário-Geral da Frente POLISARIO , Brahim Ghali, sublinhou que as  Nações Unidas têm a responsabilidade de acelerar  a descolonização do Sahara Ocidental, pôr fim à ocupação marroquina, eliminar o muro militar, um crime contra a humanidade, e o estado de sitio  e assédio imposto às s Zonas Ocupadas  da RASD.

O Presidente da República afirmou que esta responsabilidade também inclui a libertação dos presos políticos de Gdeim  Izik, a libertação de Embarek Daudi, Yahya Mohamed Hafed  e de todos os presos políticos saharauis  que jazem nos cárceres marroquinos,  revelar o destino dos mais de 651 desaparecidos saharauis; pôr fim ao saque dos recursos naturais saharauis por parte de Marrocos, e impedir a assinatura de qualquer acordo que inclua o território ou as águas territoriais saharauis.

O presidente Gali acrescentou que chegou “o momento da missão das Nações Unidas para o referendo no Sahara Ocidental – MINURSO - implementar a sua missão principal que consiste precisamente na organização de um referendo para a autodeterminação do povo Saharaui e outorgar-lhe todas as condições e normas das missões de paz no que tem que ver com as matrículas das viaturas, os vistos e a supervisão dos direitos humanos e a liberdade de visitas e contacto de observadores e da comunicação social com a população”.


SPS

Sem comentários:

Publicar um comentário