segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Morre num acidente no Sahara Ocidental o maior investidor e espoliador do setor da pesca saharaui, sobrinho do general marroquino Hosni Benslimane


General Hosni Benslimane
O acidente ocorreu ontem, sábado 1 de setembro, na estrada que liga as cidades saharauis ocupadas de Dakhla e Bojador, quando, por excesso de velocidade segundo a imprensa marroquina, a viatura onde seguiam seis pessoas — entre elas Idris Benslimane, sobrinho do tristemente conhecido general marroquino Housne Benslimane — capotou e cinco ocupantes morreram e o sexto terá ficado ferido. Idris Benslimane era um dos homens de negócios marroquinos que dominava o setor pesqueiro na região de Dakhla, antiga Villa Cisneros, por influência ou como homem de mão do seu tio, o poderoso general da Gendarmeria real marroquina implicado em várias ações judiciais como a instruída pelo juiz Baltazar Garzón por crimes contra a humanidade cometidos contra cidadãos do Sahara Ocidental, tendo igualmente um mandato de captura da justiça francesa pelo caso do desaparecimento do opositor marroquino Mehdi Ben Barka.

Recorde-se que são muitos os generais no ativo ou na reserva das FAR com fortes interesses no sector das pescas no Sahara Ocidental. Para além do General Hosni Benslimane, encontram-se envolvidos Housine Abdelaziz Bennani, Inspector Geral das Forças Armadas Reais e Chefe do Comando Militar do Sul, Abdul Haq Qadri, ex-inspetor-geral das Forças Armadas Reais, e Moulay Hassan, o pai do atual ministro da Economia e Finanças, Nizar Baraka.
O acidente teve lugar ontem a 142 km da cidade de Dkhla, provocando a morte de cinco pessoas, possivelmente todas gente de negócios e muito próximos do general.

Sem comentários:

Publicar um comentário