sexta-feira, 22 de março de 2013

Cidade ocupada de Smara: ativistas saharauis fecham-se na sede da Minurso

Cidade de Smara, Sahara Ocidental


Em vésperas da chegada de Christopher Ross à capital ocupada do Sahara Ocidental cinco ativistas encerraram-se nas instalações da MINURSO na cidade de Smara.

Os cinco ativistas saharauis conseguiram entrar nas instalações durante a madrugada num claro intento de chamar a atenção do enviado pessoal do SG da ONU para o Sahara Ocidental para denunciar a violação sistemática dos direitos humanos aos saharauis e exigir um encontro com ele.
Os ativistas, Dadi Hmada, Bujemaa Idrisi, Mohamed Saluki, Salah Albasir e Otman Thnakha, após terem entrado no edifício pediram proteção enquanto as forças de ocupação marroquinas rodearam as instalações.

***
N. de R.: No momento da intrusão nas instalações, dois dos jovens ficaram feridos no arama farpado que protege os muros do quartel, mas uma vez terem penetrado, iniciaram uma greve de fome e pediram à Administração que lhes proporcionasse água, açúcar e medicamentos para poderem aguentar o tempo necessário até que consigam entrevistar-se com Ross.

Sem comentários:

Publicar um comentário