domingo, 28 de abril de 2013

A questão do Sahara Ocidental entre três condições para a abertura das fronteiras com Marrocos – afirma responsável argelino

O rei Mohamed VI e o Presidente argelino
Abdelaziz Bouteflika
Um alto responsável argelino afirmou ao diário Al Chourouk Alyaoumi que a Argélia colocou três condições para a abertura das fronteiras com Marrocos, que se encontram fechadas desde 1994; entre as três condições, está a questão do Sahara Ocidental

"É tempo de Marrocos de reconhecer, de uma vez por todas, que a Argélia tem uma posição constante e irreversível face à questão do Sahara Ocidental", sublinhou o responsável argelino.

"Cada país defende a sua posição e a sua abordagem face à questão do Sahara Ocidental, que é da responsabilidade das Nações Unidas", em conformidade com o acordado entre os dois países, acrescentou.

"Qualquer outra abordagem impedirá as tentativas de convergência realizadas pela Argélia para a plena normalização das relações com os países vizinhos", ressaltou o responsável argelino. Entre os três pontos, estão também o termo da campanha mediática de Marrocos de depreciação e atitude agressiva contra a Argélia, bem como a necessidade de uma cooperação prática plena e eficaz para parar o ataque que pretende atingir a Argélia com o tráfico de drogas, revelou a mesma fonte.

 (SPS)

Sem comentários:

Publicar um comentário